DE VELHO, SÓ O NOME

ParqueCarreiroVelho9.jpg

De velho o parque já só tem o nome. No passado domingo, antes da 1ª grande caracolada do verão, aproveitando a sesta do caracoletas do meio que ficou na sesta inesperada em casa dos avós, passámos pelo recém inaugurado PARQUE DO CARREIRO VELHO para apreciar o resultado da requalificação.

Este espaço sempre foi um dos meus sítios favoritos no concelho. Foi ali, com teimosia e num amontoado de silvas e abandono, que organizámos um dos primeiros piqueniques com amigos como se já fossemos uma família, vão lá mais de 12 anos.
Agora sim vale a pena regressar, com os amigos e a família, para desfrutar de um renovado espaço, amplo e cuidado, dotado de condições ímpares para desfrutar da natureza no nosso concelho. E logo ali (a 10m de casa) mesmo nas margens da maior lagoa natural da Península Ibérica.
Este domingo fomos apenas de passagem, mas havemos de regressar levando a manta, o jornal, o lanche, os três manos, um guarda-sol e as anotações com a pesquisa das espécies de fauna e flora que ali se podem avistar e apreciar. Porque os peixes que ali esticam guelras é só perguntar a quem por lá estaciona a cana durante a tarde. Cruzámo-nos com muitos pescadores da paciência!!

ParqueCarreiroVelho.jpg

ParqueCarreiroVelho2.jpg

ParqueCarreiroVelho5.jpg

O parque ocupa uma área aproximadame de 1,2 hectares, na margem sul/poente da Pateira de Fermentelos, a jusante da confluência do Rio Levira com o rio Cértima, e  é um dos mais antigos e importantes espaços verdes do concelho e foi inaugurado recentemente com novas valências, depois de realizadas várias obras de requalificação no âmbito do Polis Litoral – Ria de Aveiro. Um investimento de 644 mil euros que passa a permitir que o parque seja acessível e “praticável” em épocas de cheias.
As infra-estruturas construídas incluem uma zona para piqueniques com várias mesas, bancos, churrasco e lava-louça, um cais para barcos, passadiços elevados, parque de estacionamento, zona de pesca, sanitários, posto de primeiros socorros, parque infantil, um palco ao ar livre, um terreiro multiusos, dois postos de observação de aves e um potencial espaço de restauração bastante interessante se bem aproveitado e explorado.

COMO CHEGAR  | Parque do Carreiro Velho, Perrães – Oiã | coordenadas Coordenadas: N: 40º33’6, W: 8º30’26
ParqueCarreiroVelho4.jpg

ParqueCarreiroVelho8.jpg    ParqueCarreiroVelho7.jpg

ParqueCarreiroVelho6.jpg

ParqueCarreiroVelho3.jpg

Os meninos do WAKO aqui tão perto

03Até sexta feira, se passarem pelo edifício da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, além de nos fazerem uma visita, é bem provável que dêem de caras com os rostos dos Meninos do Wako. Uma exposição de 25 imagens comoventes de Fernando Filipe [já AQUI tinha falado dele] que retrata as crianças que vivem na região Wako – Kungo, cidade angolana que antes da independência dava pelo nome de Santa Comba, capital do Município da Cela na Província do Kuanza-Sul.
Uma sala onde, por estes duas, vale a pena sentarmos uns minutos de uma pausa.Deixando que estes meninos nos OLHEM.
 
A mostra (a primeira individual ) resulta de uma selecção do jovem fotógrafo resulta de uma experiência voluntariado na Missão Dominicana do Wako – Kungo, que o levou a Ágruca de janeiro a abril de 2011, onde esteve 3 meses. Na mostra há essencialmente rostos e emoções que lhe foram marcantes ao longo dos 90 dias vividos nesta experiência.