TARTE DA TARDE

prontatarteromaOs domingos cinzentos voltaram e com eles aquela nossa vontade de lanches reconfortantes onde há sempre algo de quentinho e nosso que vem para a mesa. Na sexta-feira ofereceram-nos duas mãos cheias de romãs e com elas a oportunidade de experimentar uma receita nova: tarte de romã. Desta vez,não só segui (quase) a receita à risca (exagerei um bocadinho nos bagos de romã) comooptei por fazer também a massa (em vez da base já pronta).
Ficou deliciosa e quase não sobrou no final do lanche. Porque a fomos comendo ainda meio morna, acho que menos doce ficaria igualmente boa e muito mais saudável. Da próxima vez  vou reduzir o açucar e a essência de baunilha.. Por isso se experimentarem sugiro que diminuam no açucar e roubem na essência…romas_tarderomaEu adoro romãs, para lém de ser um fruto bonito e delicioso faz parte dos frutos vermelhos e diz quem sabe que tem inúmeros benefícios para a saúde: oferece uma forte ação antioxidante, bem como anti-inflamatória, para além de ajudar a prevenir alguns tipos de cancro, combater a diabetes e a artrite, entre muitos outros benefícios. Mas este é um fruto para quem não é preguiçoso porque exige paciência para ser descascado à descoberta dos bagos…  e para esta receita tive dois ajudantes nessa matéria.
ajudantes_tarderoma

 

Ingredientes | Para a massa: 2 chávenas de farinha, 1 ovo, 1/2 chávena de açúcar, 50 g de margarina; Para o recheio: 2 chávenas de leite, 2 gemas de ovo, 50 g de açúcar, 1 colher de sopa de margarina, 2 gotas de essência de baunilha, 2 colheres de sopa bem cheias de farinha maizena, 600 g de bagos de romã.massa_tarderomaModo de preparação: 
1) Junte todos os ingredientes da massa, grosseiramente, e faça uma bola. Deixe a descansar durante alguns minutos;
2) Com o rolo da massa, estenda e forre uma forma de tarte. Leve ao forno a 200 graus durante 3 minutos para iniciar a cozedura.
massaebagos_tarderomamassacreme_tarderoma
Em relação ao recheio ao recheio, leve ao lume num tacho a farinha bem dissolvida no leite com as gemas o açúcar e a margarina, mexendo sempre até engrossar; Encha depois a massa, que entretanto retirou do forno, com os bagos de romã e cubra com este creme. Leve novamente ao forno durante cerca de 25 minutos, a 220 graus.
massaingredientesajudante_tarderomavamosaoforno_tarderomaRECEITA retirada daqui http://www.vidaativa.pt/a/3-receitas-com-roma/ / fotos minhas.

 

MOMENTOS DOCES

bolachinhaschocolateBOLACHAS DE CHOCOLATE [RECEITA DA MAGAZINE Continente de dezembro]

INGREDIENTES | 370 g farinha; 40 g cacau; 240 g manteiga; 3/4 colheres de chá de fermento em pó; sal qb; 200 g açúcar; 1 ovo; essência de baunilha qb; lápis de pasteleiro para decorações;
MODO DE PREPARAÇÃO | Misturar a farinha+ cacau+fermento+pitada de sal; noutro recipiente misturar manteiga+açucar, mexer bem até obter creme fofo + adicionar ovo e essência de baunilha. De seguida misturar a farinha até obter massa homogénea. Embrulhar a massa em papel celofane e deixar repousar no frio 30m; polvilhar uma bancada e estender a massa e enfiar literalmente as mãos na mesma para começar a dar forma às bolachinhas; colocar as bolachas num tabuleiro forrado com papel vegetal e levar ao forno por 10-12 minutos. deixar arrefecer e decorar a gosto.

Para esta quantidade de ingredientes conseguimos obter 7 frasquinhos de bolachas e muitas foram sendo comidas pelos gulosos da casa.

Ficaram deliciosas, podemos garantir!!!!

lembrancasdoces

RECEITAS NOVAS [1]

Este fim-de-semana passámos muito pouco tempo em casa, mas o suficiente para, durante 60 minutos, arriscar mais duas experiências novas na cozinha: pão e pudim. As duas correram razoavelmente bem a julgar pelas provas e pelo que sobrou de ambas. As duas receitas foram retiradas da edição de janeiro da Magazine do continente “Paixão pela cozinha”. A ideia começou por ser experimentar fazer um pudim. Tinha uma lata de leite de coco cuja data de validade estava quase a expirar. Enfiei o pudim no forno e comecei a achar que precisava de aproveitar melhor aquele tempo de forno ligado e o facto de os miúdos estarem entretidos: um na catequese, um na sesta e outro a ver dragões Berg. Como na agenda deste domingo havia um lanhe de amigos, nada como um pão…sem ser daqueles com tempo de fermentação e outras preparações mais complexas… Fiquei-me por um pão de aveia fatiado.
O Pão de Aveia foi uma agradável surpresa, porque mesmo achando que não ficou consistente e ligado como deveria, talvez porque deixei cozer demais, ficou delicioso e é daquelas receitas que poderemos sempre adaptar consoante as sobras de cereais que temos em casa. Pode ser comido à fatia simples  ou barrado com compotas. A riqueza em cereais confere-lhe uma aparência invernosa a pedir conforto e roda de amigos, o que combinou na perfeição com estes dois dias.

PAODEAVEIA2

PÃO DE AVEIA COM PEPITAS DE CACAU

INGREDIENTES |300 g de farinha sem fermento; 200 g de flocos de aveia; sal qb;1/2 colher de chá de fermento; 1 colher de chá de bicarbonato de sódio; 100 g de pepitas de cacau (não tinha e substitui por pepitas de chocolate, daquelas de frasco de decoração de bolos); 1/2 chávena de chá de mel; sementes de girassol, sultanas e amêndoa laminada (restinhos que tinha do Natal); 1 chávena de leite com sumo de meio limão; 120 g de manteiga derretida; flocos de aveia para polvilhar qb; mel para pincelar qb; manteiga para untar qb;

MODO DE PREPARAÇÃO |  Numa tigela misturar farinha + flocos + fermento + bicarbonato + pitada de sal + pepitas, sementes, sultanas e amendoas laminadas; Noutra tigela bater os ovos e em seguida adicionar o mel, o leite e a manteiga derretida; juntar a mistura da farinha com esta e envolver bem; verter o preparado para uma forma de bolo inglês untada com manteiga; levar ao forno a 200º durante cerca de 45m. Retirar da forma, pincelar com mel e decorar com flocos de aveia.

PaodeAveia.jpg

PaodeAveia2.jpg

FRESCA & FÁCIL

MelanciaLimonada

Tenho algumas novidades e sugestões para partilhar que combinam bem com este tempo, supostamente, de maior fruição para a maioria. Começo por uma da área geográfica da cozinha, bem simples, que ontem experimentei a partir da página DIAS COM MAFALDA, da Mafalda Pinto Leite.

Andava à procura de alternativas para utilização de melancia, em doces e bebidas, e esta veio mesmo a calhar para aproveitar um restinho da grande melancia que me foi desaparecendo em gomos. É uma espécie de limonada de melancia, como ela escreve, e resulta da mistura da melancia com lima e hortelã. Chamar-lle-ia de MELANLIMADA.

É mesmo boa para refrescar um final de tarde ou acompanhar um jantar de verão, desde que servida bem fresquinha!!melanlimahortelada

RETIRADA DAQUI|

INGREDIENTES: 1/4 de melancia, fria; 1 lima; folhas de hortelã, a gosto e água fria, qb; COMO FAZER: cortar a melancia em pedaços e tirar a casca da lima. Encher o liquidificador com a melancia, juntar a lima sem casca, hortelã e agua fria suficiente para atingir a marca de 500ml (a minha faceta gulosa adicionou uma colher de açucar amarelo); tapar bem e misturar tudo muito bem  (se estiver muito espessa adicionar mais água); decorar a gosto e manter bem fresca até servir.

ALERTA GULOSOS!!!

Na sexta feira descobri uma receita contra indicada para pessoas mega gulosas e impacientes como eu. Isto porque esta TARTE GELADA SIMPLES é tão demasiadamente fácil de fazer que rapidamente se pode transformar na GULODICE do verão 2013. Além de se tratarem de apenas 4 ingredientes que normalmente temos nas dispensas, foram  apenas 15′ de execução, os mesmos em que consegui entreter um bebé até à sua próxima refeição. Entre a batedeira e o desfazer de bolachas espero que ele retenha o essencial, se não a receita e dotes culinários, pelo menos a doçura dos olhares que trocamos a meio dos doces. Depois é esquecer o que fizeste para te voltares a lembrar quando chega a hora da sobremesa do dia seguinte e VOILÁ…pois, é verdade temos GELADO!
E com esta SIMPLICIDADE deliciosa, já quase a meio do verão, me inaugurei em matéria de gelados…

TARTEgeladoSIMPLES.jpg

INGREDIENTES | 1 Saqueta de mousse de chocolate instantânea, leite meio-gordo, 1 pacote de natas (200 ml), 4 colheres sopa de açúcar e 1 pacote de bolacha Maria;

COMO FAZER | bater a mousse instantânea com a varinha mágica, adicionando leite pouco a pouco; quando terminar, bater as natas adicionando 3/ 4 colheres de sopa de açúcar até atingir o ponto de chantilly; num recipiente que possa ir ao congelador espalhar camadas alternadas de mousse e natas; no intervalo de cada camada, colocar bolacha maria esmagada em pedaços generosos. Terminar a construção com uma camada de bolacha e levar ao congelador por 24h.

[a receita garante 6-8 fatias generosas; se houver convidados, nada mais simples que duplicar ingredientes]

TARTEgeladoSIMPLES2.jpg

TARTEgeladoSIMPLES3.jpg

TARTEgeladoSIMPLES4.jpg

TARTEgeladoSIMPLEScapa2

HAPPINESS IS TO BAKE COOKIES ON A SATURDAY

bakery_biscoitosaoSabado
Ilustrada por/Illustrated by Maria Imaginário // http://felicidario.encontrarse.pt/
 
e ter AMIGA(o)S generosa(o)s que sabe(m) que uma lembrança vale sobretudo pelo que evidencia sobre o conhecimento do outro sobre nós e pelo que deixa do outro connosco. Isto consegue-se com um POSTAL, um vasinho de malaguetas, uma caixinha com meia centena de receitas de bolachas ou com uma sms quando na vida deles fomos lembrados inesperadamente. Nós temos a sorte GRANDE de termos amigos dos BONS, os nossos são das melhores pessoas do mundo, das mais interessantes e das mais geniais. A muitos deles acresce EM TANTO QUE JÁ SÃO, o facto de serem BEM AVENTURADOS…e a nossa gratidão a todo esse património que é a amizade é retribuir de todo o coração aquilo que recebemos. Às vezes em atos, outras em palavras, desta vez uma receita dupla: bolachas!

cx_bolachas.jpg

cx_bolachas_2.jpg

cx_bolachas_4.jpg

cx_bolachas_5.jpg

CX_BOLACHAS7.jpg

BOLINHOS PARA O LANCHE EM 15m…

bolosmornos
avosaoalnache

Estava frio e a chuva não dava tréguas. Precisava de entreter os miúdos, naquela hora em que me apetecia mesmo era uma sesta e um bolo. Os avós deviam aparecer para o joguinho das damas e os xi-corações de domingo.

Solução: arregaçar mangas, enfiar-lhes os aventais e dispensar a problemática da que se avizavaria da cozinha arrumada. Podia piorar, qualquer lei de Murphy o diria,  mas teríamos lanche e bolos mornos de chocolate (de quem somos mesmo fãs)…e mais, não só piorava a desarrumação como aumentava a pilha de louça, mas haveríamos de ficar a ver a chuva bem quentinhos & docinhos…e então se os avós aparecessem para provar a novidade seria PERFEITO PERFEITO. E foi…e são mesmo muito muito muito  simples, rápidos  e bons (receita adaptada das receitas da Mafalda Pinto Leite). Foram a companhia perfeita para a leitura do Público num domingo de janeiro.

Ingredientes | 200 g. de chocolate partido aos pedaços; 50 g. manteiga sem sal; 3 ovos separados; 100 g. açúcar +  2 colheres de nutella (que eu não tinha e substitui com chocolate em pó mais espesso com leite…). Sim, não leva farinha, mas ainda assim eu coloquei umas 50 g.

Mãos na massa | Aquecer o forno + untar as forminhas (com estas quantidades foram 8 forminhas  e 4 mangas repletas de manteiga + farinha pela cozinha toda, pelos meus ajudantes!!!)  + derreter chocolate e manteiga + adicionar a nutella /substituto + bater açúcar e gemas numa tigela + bater claras em castelo + misturar as duas anteriores » distribuir a massa pelas formas.
No forno 12-16 minutos verificar que em cima estão duros e no meio moles e cremosos…VIRAR E SERVIR ou escolher comer das forminhas…

bolosmornoschocolate

bolosmornos2