OS LIMÕES DO QUINTAL DA AVÓ

(De)grau a (de)grau, vai subindo,

alheio aos medos,

sobe

com uma destreza eloquente

de quem conquista, a cada subida, o seu pequeno Everest.

– “Mãe, dá-me o pau, sou pequenino e não chego ao limão”

O meu filho sublinha-me a lição: Nada é impossível!

CHUVA MIUDINHA E BOAS COINCIDÊNCIAS…

“Ainda que as circunstâncias influam muito sobre o nosso carácter, a vontade pode modificar as circunstâncias em nosso favor”
Stuart Mill
Num fim-de-semana como o passado, cabem uma mão cheia de acontecimentos marcantes e certamente memoráveis pelo que podem provocar daqui para a frente.
A falta de tempo faz com que a escrita os adie da reflexão, registo e partilha.
Falo de um lanche que, ao final de algumas impossibilidades constantes, nos reuniu, finalmente aos 17! Há momentos que não se podem adiar e este foi um deles.
Uma sessão de cidadania em Aveiro, com a apresentação da candidata do MEP às europeias, Laurinda Alves. Porque melhor é mesmo possível tenho a certeza que Portugal tem muito a ganhar com pessoas que nos aproximam do que é realmente importante de forma positiva, íntegra e generosa.
Um jantar de uma rede virtual de aveirenses e Star Trackers que reuniu, nas Caves Aliança, perto de meia centena de pessoas com uma série de coisas em comum. A cada dia que passoa confirmo o que venho pensando: a internet tornou possível um admirável mundo novo de oportunidades, essencialmente de acesso e partilha de conhecimento.
E, finalmente, um almoço de domingo com a equipa da Pastoral Juvenil em Sever do Vouga, sob pretexto da preparação de mais um Dia Mundial da Juventude (e pensar que já lá vão 5 anos…4 dias semelhantes em que estivemos sempre à frente, inovando e apostando nos jovens dando o nosso melhor!). Porque a nossa fé nos impele ao contágio de outros para a presença de Deus Vivo na vida de cada um (a propósito destas ideias, e para quem gosta do estilo, reparem no discurso do novo Presidente dos Estados Unidos…interessante do ponto de vista da linguagem usada…ou da fé(?) que trespassa as palavras deste afro americano…)
RESULTADO: um fim-de-semana com consequências devastadoras para os próximos tempos…de muito trabalho, empenho e contágio!
Assuntos para regressar com mais tempo…

SOMOS PARTE DA HISTÓRIA…

NEW YORK TIMES Millions Watch as Obama Assumes Office

LE MONDE Barack Obama prête serment
Barack Obama prêtera serment à 18 heures devant plusieurs centaines de milliers de personnes.

PÚBLICO Dia de multidões em Washington

EL PAÍS Obama, en el umbral de la historia

O GLOBO Barack Obama a um passo de assumir Casa Branca

THE TIMES Barack Obama Inauguration Day

CORRIERE DElLA SERA Usa, al via l’era ObamaDiretta videoIl presidente ha giurato sul palco

DA MINHA SALA VEJO ESTA LUA

e penso quanto vale este olhar que a cada instante pode ser o último.

“And when life Gets tough
I feel I’ve had enough
I hold on to A distant star
I’m thinking about
All the things
I’d like to do In my life
(…)
I’m a dreamer
A distant dreamer
Dreaming for hope
From today”

Duffy, Distant Dreamer

ALIKE

tem alturas em que o acho tão semelhante a mim…
Ontem foi um desses olhares, sem caracóis, com o cabelo curtinho
alinhado pela minha tesoura, eis que me olho criança,
no capô de um citroen 2 cavalos, em Sines.
A nossa essência ali, na nossa semelhança,
a mesma energia a escorregar do olhar, o sorriso de abrir a boca toda
e depois a curiosidade,
esmagar um gomo, as pernas de baixo do rabo e a pergunta:
– podemos comer estas laranjas todas mamã?…eu g(c)omo tudo!

TREINAR A PACIÊNCIA

Mesmo quando tudo pede /Um pouco mais de calma/ Até quando o corpo pede/ Um pouco mais de alma/ A vida não pára..

“Paciência” é um tema que me tirou a paciência pela irritante quantidade de vezes que passou na rádio durante meses a fio….depois da Mafalda Veiga e do João Pedro Pais terem feito uma versão no seu trabalho conjunto.
Para quem não sabe, Paciência (player na lateral), é um tema composto pelo Brasileiro Lenine e por Dudu Falcão.
O tema integra o álbum Lenine, Acústico MTV, editado pela Sony BMG em 2006.
Com a voz de Lenine e na companhia da sua viola, treino o que resta da minha falta de paciência no final de um dia de trabalho.
Sempre gostei de versões mas neste caso, venha de lá o original. Que dizem?
Já a fotografia foi tirada, no fim-de-semana passado, na descida para a garagem.
Enquanto a vizinha estendia a roupa nós apanhávamos a troca de impressões do costume, num sábado de manhã a cheirar a aldeia da roupa branca.
Sombras de uma vizinhança discreta mas genuína.

ESPERANÇA PORTUGAL

Tal como já tinha partilhado, no passado mês de Dezembro, com quantos são frequentes neste blog, vislumbrei finalmente alguma esperança no panorama político português com pessoas que são realmente diferentes e que estão a fazer um caminho sério, esclarecedor e bastante diferenciador em matéria política, falo claro do MEP – Movimento Esperança Portugal.

Qual não foi o meu espanto, orgulho e até uma certa felicidade, quando o Pedro me alerta para o facto do Girassol e o meu desaparecido post “Sai uma dose de esperança para a mesa 4 pff” é referenciado na revista que o site do MEP faz da blogosfera no passado 10 de dezembro. Eu sei que parece muito pouco relevante, sobretudo agora que nem sequer tenho o post que me levou aquela lista mas, para mim, teve imensa importância…fez-me reviver uma estranha sensação boa que me acompanha desde que aterrei em Turim na Primavera de 2000. A música de Sade soou nesse instante e desde aí houve tantos outros momentos que se foram ligando ao som desta música que, inexplicavelmente, se fazia presente sem eu ter nada a ver com isso, ou talvez tenha.
A sensação de estar ligada a qualquer coisa muito superior ao terreno da vida…

Falo das inexplicáveis ligações que unem mundos, emoções, crenças, ideologias e pessoas que sentem a alma do universo e tem o poder de nos estimular e motivar ao melhor que somos capazes abrindo-nos o olhar. É muito estranho e ao mesmo tão bom sentir isto que não tenho palavras…

Quem estiver interessado em saber mais, quer sobre o MEP e aquilo que propõe, pode fazê-lo pessalmente esta semana no distrito de Aveiro.